Sondagem do Ciesp mostra que 26% dos brasileiros nunca ouviram falar de crise - CIESP

Sondagem do Ciesp mostra que 26% dos brasileiros nunca ouviram falar de crise

Pesquisa feita pela Ipsos a pedido do Ciesp e da Fiesp em abril revelou que 26% dos brasileiros afirmam nunca ter ouvido falar de crise econômica no País, e mais da metade (55%) ainda não sentiu nenhum efeito dela no dia-a-dia.

A pesquisa Pulso Brasil entrevistou 1.000 pessoas em nove regiões metropolitanas brasileiras. Entre os que sentiram algum efeito da crise, a maioria (41%) citou o aumento no preço dos alimentos. Outros 25% consideraram o desemprego como principal consequência, e 8% mencionaram a redução do poder de compra.

Não conseguir honrar compromissos e perder o emprego são as maiores preocupações dos brasileiros, ambos com 23% das respostas. A redução da renda familiar (18%) e o aumento da inflação (14%) também foram listados.

Medidas anticrise
A maioria dos entrevistados (60%) também não tem conhecimento sobre as medidas adotadas pelo governo para conter a crise no País – 35% afirmaram conhecer e 5% não souberam responder.

A redução da taxa básica de juros (Selic) foi considerada uma medida eficaz por 85% das pessoas que disseram ter conhecimento das ações do governo. As demais iniciativas tiveram apoio de até 70% desta amostra – entre elas, redução de IPI para veículos, liberação do compulsório a instituições financeiras, maior volume de crédito dos bancos públicos, maior prazo para recolhimento de impostos para as empresas e o plano de habitação anunciado em março.

A geração de empregos (27%) e a redução das taxas de juros (23%), fatores relacionados a renda e crédito, foram citadas como as principais medidas a serem tomadas pelo governo para estimular a retomada da economia. Na sequência, aparecem redução de impostos (11%) e construção de casas populares (6%).

Veja a pesquisa completa

Mariana Ribeiro, Agência Ciesp de Notícias