Skaf garante qualificação profissional a empresas de Araraquara - CIESP

Skaf garante qualificação profissional a empresas de Araraquara

A Escola Senai Henrique Lupo, de Araraquara, vai garantir qualificação profissional de soldadores para a Iesa, empresa vencedora no processo licitatório para fornecimento de turbinas para as usinas de Jirau e Santo Antônio, no rio Madeira, em Rondônia.

“Neste ano, vamos superar a marca de 1,2 milhão de matrículas na rede Senai, 10% mais que no ano passado”, afirmou o presidente do Ciesp/Fiesp, Paulo Skaf, nesta manhã (6), após assinar, em Araraquara, protocolo de intenções para formação de mão-de-obra em sete postos da Prefeitura.

Treinamentos do Senai serão levados também a empresas do setor têxtil, como a Lupo, em Araraquara, e centenas de confecções de Ibitinga. A cidade, onde a Fiesp é uma das gestoras do APL de Confecções de Cama, Mesa e Banho, é um polo importante, com mais de 2 mil indústrias.

Skaf garantiu ainda que o Centro de Atividades do Sesi, na cidade, será totalmente reformado, desde o prédio escolar até o balneário e a área esportiva, num investimento de R$ 10 milhões.

O prefeito Marcelo Barbieri, de Araraquara, mostrou interesse em adotar o sistema Sesi de ensino na rede escolar municipal. “Conhecemos o bem-sucedido projeto piloto aplicado em Iperó e queremos aplicar também aqui. A excelência do ensino ministrado pelo Sesi é inquestionável”, destacou.

Convênios serão estendidos a toda a região
Outros prefeitos também manifestaram interesse em aplicar a metodologia Sesi em suas escolas públicas. A prefeita de Rincão, Terezinha Servidone, ofereceu uma área ao Sesi-SP, no centro da cidade, para a construção de uma unidade da instituição, gesto repetido pelo prefeito de Matão, Adauto Scardoelli.

Scardoelli, que já doou área que hoje abriga o Centro de Treinamento do Senai-SP, ofereceu agora outra área para que se construa ali a sede da Diretoria Regional do Ciesp naquele município. Segundo Skaf, outras 14 regionais do Ciesp também terão suas sedes construídas. “Esta unidade em Araraquara será modelo para as demais”, frisou.


 


Rubens Toledo, Agência Ciesp de Notícias