Primeira semana de julho registra superávit de US$ 305 milhões - CIESP

Primeira semana de julho registra superávit de US$ 305 milhões

 

Entre os dias 1º e 6 de julho de 2008, primeira semana do mês, a balança comercial brasileira registrou exportações de US$ 3,187 bilhões (média diária de US$ 796,8 milhões) e importações de US$ 2,882 bilhões (média diária de US$ 720,5 milhões), desempenhos que resultaram num superávit comercial de US$ 305 milhões (média diária de US$ 76,3 milhões). Nos quatro dias úteis da primeira semana de julho, foi registrada uma corrente de comércio (soma das exportações com as importações) de US$ 6,069 bilhões, o que significa que foram negociados US$ 1,517 bilhão por dia.
 
Pelo critério da média diária, as exportações brasileiras na semana apresentaram alta de 24,1% sobre o desempenho médio diário em todo mês de julho de 2007 (US$ 641,8 milhões) em função do incremento nos embarques de produtos das três categorias: básicos (+40,5%), semimanufaturados (+20,9%), manufaturados (+10,4%).

Dentre as exportações de produtos básicos se destacaram soja em grão, carne suína, bovina e de frango, minério de cobre, minério de ferro e farelo de soja. Na categoria de semimanufaturados, os principais produtos embarcados foram óleo de soja em bruto, alumínio em bruto, ferro fundido em bruto e ferro-ligas. No segmento de manufaturados, as principais vendas foram ferro fundido, tratores, suco de laranja, partes de motores para veículos, bombas e compressores, motores e geradores, aparelhos transmissores e receptores e álcool etílico.

Em relação à performance das exportações em junho passado, quando a média diária atingiu a cifra de US$ 885,4 milhões, houve, na primeira semana de julho, decréscimo de 10%, em razão de queda nas vendas internacionais de produtos básicos (-13,8%) e manufaturados (10,3%). As exportações de semimanufaturados, entretanto, cresceram 0,3%.

Também pelo critério da média diária, as importações na primeira semana de julho apresentaram alta de 47,1% sobre o desempenho no mesmo mês do ano passado (US$ 489,8 milhões) e queda de 4,7% em relação a junho de 2008 (US$ 756 milhões). Em relação a julho do ano passado, observou-se aumento nas compras de adubos e fertilizantes (+276,2%), siderúrgicos (+86%), combustíveis e lubrificantes (+64%), equipamentos elétricos e eletrônicos (+46,6%), cereais e produtos de moagem (+42,1%) e veículos e automóveis (+40,5%).  Sobre o perfil da importação em junho de 2008, foi registrado decréscimo nos desembarques dos seguintes produtos: farmacêuticos (-46,0%), químicos orgânicos e inorgânicos (-18,0%), plásticos (-13,2%), veículos automóveis e partes (-11,4%), borracha (-11%) e equipamentos mecânicos (-10,8%).

O saldo comercial brasileiro registrado na primeira semana de julho, pela média diária, ficou 49,8% menor que o apresentado em julho de 2007 (US$ 152 milhões) e 41,1% abaixo do superávit médio diário registrado em junho último (US$ 129,5 milhões).
 
Ano
Nos 127 dias úteis do ano, até a primeira semana de julho, o saldo comercial acumulou US$ 11,655 bilhões (média diária de US$ 91,8 milhões). Pelo critério da média diária, o superávit comercial ficou 44,9% menor que o registrado no mesmo período do ano passado (US$ 166,7 milhões).
 
As exportações somaram US$ 93,832 bilhões, com média diária de US$ 738,8 milhões, um incremento de 24,4% sobre o desempenho médio diário das exportações apresentado no mesmo período de 2007 (US$ 593,8 milhões).
 
Na mesma comparação, observou-se um crescimento de 51,5% nas importações brasileiras, que saíram de uma média diária de  US$ 427,1 milhões de janeiro, até a primeira semana de julho do ano passado, para US$ 647,1 milhões no mesmo período de 2008. As importações até a primeira semana de julho somaram US$ 82,177 bilhões.

Fonte: Apex

Agência Ciesp de Notícias

10/07/2008