Pirataria também é ameaça aos empregos - CIESP

Pirataria também é ameaça aos empregos

Agência Ciesp de Notícias

A compra de um simples alicate, produzido de forma ilegal, pode contribuir para a perda 20 mil empregos no Brasil. Da mesma forma, lâmpadas “piratas”, que entram no País por meio do contrabando, representaram menos 20 mil emprego no ano de 2010.

Essa estatística foi apresentada em uma pequena mostra elaborada pelas centrais sindicais durante o evento Brasil o Diálogo, da Produção e do Emprego, que está sendo realizado durante todo o dia, em São Paulo. Em formato de uma banca de vendedor ambulante, vários produtos “piratas” foram dispostos – como DVDs, roupas, calçados, ferramentas, – sempre com a indicação de quantos empregos foram perdidos, em 2010, pelas indústrias nacionais, em virtude desse comércio ilegal.

A mostra também apresentou dados sobre a fragilidade na fiscalização das nossas fronteiras que vem contribuído para entrada de produtos contrabandeados, outro desafio a ser enfrentado para garantir a competitividade das indústrias brasileiras e a geração de empregos no país.