Parceria entre Ciesp, Fiesp, Senai e USP tem foco na inovação - CIESP

Parceria entre Ciesp, Fiesp, Senai e USP tem foco na inovação

Cesar Augusto, Agência Indusnet Fiesp

A indústria paulista firmou, ontem (31/5), na Fiesp/Ciesp, mais uma parceria com a Universidade São Paulo (USP) – o acordo tem a chancela da Federação das Indústrias do São Paulo (Fiesp), do Centro das Indústrias do São Paulo (Ciesp) e do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai-SP). Na ocasião, o presidente em exercício do Ciesp, Rafael Cervone; o 2º vice-presidente da Fiesp, João Guilherme Sabino Ometto; e o pró-reitor de Pesquisa da Universidade de São Paulo (USP), Marco Antonio Zago, anunciaram o Programa de Extensão Tecnológica Fiesp-Ciesp-Senai e o Curso de Aperfeiçoamento em Gestão da Inovação nas Empresas, da Agência USP de Inovação Tecnológica.

A iniciativa tem por objetivo fomentar o tema dentro das empresas, por meio do desenvolvimento de núcleos locais de inovação tecnológica. Esses núcleos têm o desafio de apoiar e capacitar empresários na busca por informações, financiamentos, análise e estruturação de projetos, até a implantação.

A parceria com a Agência USP de Inovação Tecnológica vai permitir que as entidades da indústria trabalhem de mãos dadas na criação de núcleos de inovação tecnológica em dez localidades do estado – Osasco, Sorocaba, Piracicaba, Grande ABC, Campinas, Guarulhos, Santos, Sertãozinho/Ribeirão Preto, São José dos Campos e a Capital. “Vamos atuar como uma estrutura permanente de apoio às empresas para elaboração de propostas de projetos”, afirmou Rafael Cervone, do Ciesp.

De acordo com João Guilherme Sabino Ometto, da Fiesp, é importante que o Brasil esteja preparado para aproveitar as oportunidades que se abrem com a crise nos países ricos e, por meio da inovação tecnológica, consiga atrair os investimentos e o conhecimento que hoje procuram novos mercados para se desenvolver.

O pró-reitor de pesquisa da USP, Marco Antonio Zago, ressaltou a importância da aproximação entre a universidade e as empresas. “É um dia para comemorarmos. A universidade é chamada para o importante desafio de trabalhar junto com o setor produtivo, exercendo aquela que é sua função central, a de formar profissionais de qualidade e em quantidade suficiente para atender às novas demandas que existem no país.”

A parceria anunciada cria três programas: o primeiro vai atender a 240 empresas de diversos setores em seis regiões do estado. O segundo é voltado para o setor de petróleo e gás, beneficiando 400 empresas em dez regiões. Por fim, o terceiro é o Curso de Aperfeiçoamento em Gestão da Inovação, ministrado pela Agência USP de Inovação Tecnológica. Empresários de todas as áreas formam o público-alvo do curso, que oferecerá 500 vagas e terá duração de 204 horas (oito meses).