Indústria debate Produção Mais Limpa em universidades - CIESP

Indústria debate Produção Mais Limpa em universidades

O programa “Produção Mais Limpa” na indústria é tema de workshops que serão realizados em diversas Instituições de Ensino Superior ao longo do mês de setembro, começando nesta segunda-feira (31), no Instituto Presbiteriano Mackenzie e no Rio Branco.

A iniciativa é do Centro e da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp/Fiesp). O objetivo é discutir a produção de bens com menor consumo de energia, água e matéria-prima.

Estarão à frente dos debates o presidente do Ciesp/Fiesp, Paulo Skaf, e Eduardo San Martin, especialista em Controle da Poluição Ambiental, diretor-titular de meio ambiente do Ciesp e membro do Conselho Superior de Meio Ambiente (Cosema) da Fiesp.

Paulo Skaf participará dos encontros agendados na Pontifícia Universidade Católica (1º/9, às 19h30), Escola Superior de Propaganda e Marketing (2/9, às 8h30), Universidade de Santo Amaro (15/9, às 19h30) e Faculdades Metropolitanas Unidas (22/9, às 19h30). O líder empresarial tratará das perspectivas para a economia brasileira, em 2009, e responderá às perguntas do público universitário.

Também estão programados debates nos seguintes locais:

 Universidade de São Paulo: 3/9, às 12h30;
 Universidade Cruzeiro do Sul: 10/9, às 20h;
 Trevisan Escola de Negócios: 14/9, às 20h;
 Centro Universitário Belas Artes: 16/9, às 19h;
 Centro Universitário da FEI: 21/9, às 14h;
 Anhembi-Morumbi: 21/9, às 19h30;
 Instituto Mauá de Tecnologia: 29/9, às 20h;
 Universidade São Judas Tadeu: 30/9, às 9h.

Concurso P+L: estímulo à academia
O “Incentivo às Práticas de Produção Mais Limpa” é tema de concurso promovido pelo Ciesp/Fiesp para estudantes do Ensino Superior. Trata-se do reconhecimento às universidades parceiras que apresentarem sugestões de ações até 16 de outubro. A solenidade de premiação ocorrerá em 23 de novembro, durante a Conferência de Produção Mais Limpa, na sede das entidades, em São Paulo.

Anos 90: produção mais limpa chega ao Brasil
A Fiesp está atenta ao assunto desde o início da década de 90. A partir de 1996, a entidade passou a integrar a mesa de Produção Mais Limpa, coordenada pela Cetesb. Em 2002, firmou acordo com a Cetesb para a produção de Guias de Produção Mais Limpa dos setores industriais.

O conceito de produção mais limpa surgiu nos Estados Unidos, migrou para a Europa, nos anos 80, e a porta de entrada, no Brasil, deu-se nos anos 90, pela Cetesb, motivando a indústria a se engajar nesse esforço. O pioneirismo coube ao atual presidente do Ciesp/Fiesp, Paulo Skaf, então à frente da Associação Brasileira da Indústria Têxtil (Abit).

Solange Sólon Borges, Agência Indusnet Fiesp