Indústria de Indaiatuba mantém ritmo de contratações em abril - CIESP

Indústria de Indaiatuba mantém ritmo de contratações em abril

O nível de emprego industrial na Diretoria Regional do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp) em Indaiatuba, composta por 13 cidades, apresentou alta (0,28%) em abril.

Foram criadas 200 vagas pelo setor produtivo da região, puxado por Produtos Têxteis (8,88%), Produtos de Borracha e Plástico (8,40%) e Produtos Alimentícios (3,29%). Resultado mais expressivo foi impedido por demissões nos segmento de Produtos de Minerais Não-metálicos (-4,88%).

Na comparação com abril de 2008, o cenário apresenta piora em relação ao saldo também positivo daquele mês (4,81%). A região apresenta acréscimo de vagas (1,01%) no primeiro trimestre de 2009, totalizando 800 novos postos de trabalho na indústria. No acumulado dos últimos 12 meses, o índice apresenta queda (-6,42%) de 4.900 vagas no setor produtivo regional.

Na Regional do Ciesp Sorocaba, formada por 48 cidades, o índice do nível de emprego industrial de abril recuou (-0,19%) pelo quinto mês seguido. Foram demitidos 200 trabalhadores. Os setores responsáveis foram: Metalurgia (3,37%), Equipamentos de Informática, Produtos Eletrônicos e Ópticos (-3,17%) e Máquinas e Equipamentos (2,06%). Somente o segmento de Veículos Automotores e Autopeças contratou (1,23%).

Comparado a abril de 2008, o cenário atual está piorado, visto que naquele mês o índice foi positivo (1,47%). Em 2009, a região acumula corte (-5,82%) de 5.200 vagas pelo setor produtivo. Em 12 meses, as demissões (-5,92%) reduziram em 5.900 o número de trabalhadores industriais.

Em Campinas, onde a Regional do Ciesp abrange 19 municípios, a variação do índice de nível de emprego industrial foi negativa (-0,52%) pelo sétimo mês consecutivo. O corte de 800 postos industriais em abril foi puxado pelos setores de Máquinas e Equipamentos (-4,73%) e Equipamentos de Informática, Produtos Eletrônicos e Ópticos (-4,15%). Saldo negativo maior foi evitado por contratações efetuadas pelos segmentos de Produtos Diversos (4,97%) e Produtos Alimentícios (2,36%).

Em relação a abril do ano passado, o quadro é inferior, pois naquele mês o índice foi positivo (0,36%). Em 2009, a região pontua (-3,86%) a demissão de 6.200 trabalhadores pela indústria. Nos 12 últimos meses, a redução (-5,63%) representa 9.000 cortes de pessoal pelo setor produtivo regional.

Mariana Ribeiro e Nivaldo Souza, Agência Ciesp de Notícias