Indicadores da indústria brasileira são favoráveis para 2008, avalia CNI - CIESP

Indicadores da indústria brasileira são favoráveis para 2008, avalia CNI

 

Os indicadores da indústria de transformação no Brasil apontam um cenário positivo para 2008. De acordo com o economista da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Paulo Mol, 2007 foi um ano em que a produção começou a crescer e a aumentar a capacidade, tornando cada vez mais forte a expansão industrial.

“Antes de a indústria produzir mais é preciso que haja investimento e isso foi a tônica do ano de 2007, em que a produção industrial foi puxada. É uma dinâmica bastante positiva, porque quando percebe a economia crescendo, dando sinais de que está se preparando para crescer mais, são aspectos positivos”, disse Mol, em entrevista ao programa Revista Brasil da Rádio Nacional.

Segundo o economista, a expansão da indústria de transformação deve se aproximar dos 5%, em 2008. Ele explicou que esse cenário é “bastante otimista” e que as crises internacionais devem ter pouco efeito. De acordo com Mol, em 2007, a indústria brasileira expandiu cerca de 3%.

Com relação à crise nos Estados Unidos, o economista disse não ver, por enquanto, algum tipo de reflexo sobre a economia brasileira que se apresenta "muito forte".

“Agora, são aspectos que são muito considerados para o futuro, porque qualquer desaceleração da economia americana, certamente terá embate sobre os países emergentes.”

Segundo ele, se a crise americana chegar à Ásia, conseqüentemente, causará impacto no Brasil, uma vez que os países asiáticos são grandes consumidores das commodities brasileiras (produtos agrícolas e minerais).

 
Fonte: Agência Brasil

 

Agência Ciesp de Notícias
18/01/2008