Finep deve criar nova linha para empresas inovadoras em 2008 - CIESP

Finep deve criar nova linha para empresas inovadoras em 2008

 

Financiadora desenvolverá mecanismo de estímulo à inovação tecnológica. Objetivo é auxiliar com recursos não-reembolsáveis empresas de, no máximo, médio porte

 

Uma nova linha de apoio a empresas inovadoras deverá ser criada ainda neste ano pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), do Ministério da Ciência e Tecnologia, informa o chefe do Departamento de Novos Negócios, Renato Marques.

 
"Nós trabalhamos para criar a nova linha de apoio a essas empresas com dinheiro da Finep, sob a forma de recursos não-reembolsáveis, ou seja, as empresas não terão que pagar o financiamento", diz.
 
Há alguns anos, a Finep possuía uma linha reembolsável, com condições diferenciadas para apoio a projetos de inovação até o limite de R$ 150 mil por empresa. Renato Marques informa que essa linha acabou porque o custo operacional da Finep era muito alto: "E a gente não tinha recursos para poder fazer uma linha mais alta. Além disso, havia o problema de análise de crédito. Então, a gente preferiu encerrar porque operacionalmente estava complicado, e tentar agora criar uma nova linha".
 
A intenção é que a nova linha de crédito tenha um limite financeiro superior, podendo chegar, em alguns casos, a até R$ 500 mil por empresa. Esta linha teria por objetivo "dar um fôlego financeiro para a empresa e melhorar a capacidade de negociação com o investidor – não é para resolver os problemas da empresa", alerta Marques.
 
Os recursos não-reembolsáveis visariam, nesse caso, a apoiar as empresas inovadoras até de médio porte, incluídas no Venture Forum Finep, que envolve capital de risco. Já as empresas inovadoras de pequeno porte ficam no chamado Seed Forum ou capital semente. "A gente está começando a fazer essa distinção porque o perfil do investidor é diferente", explica.
 
Marques esclarece que no Venture Forum estão empresas de médio porte que se acham na fase de estimular seu crescimento. No Seed Forum, a Finep trabalha com empresas que estão iniciando suas atividades. A nova linha deverá trabalhar com recursos de subvenções econômicas, oriundos dos fundos setoriais.
 
Fonte: Protec
 
Agência Ciesp de Notícias
19/02/2008