Fiesp/Ciesp comemoram aprovação do SGP pelo Congresso americano - CIESP

Fiesp/Ciesp comemoram aprovação do SGP pelo Congresso americano

 

Nota Oficial

Mesmo com as atenções voltadas à aprovação do plano de ajuda de US$ 700 bilhões para tentar reverter a crise internacional, o Congresso norte-americano acaba de votar a favor da renovação do Sistema Geral de Preferências (SGP), por mais um ano, beneficiando as exportações brasileiras para os Estados Unidos, até 31 de dezembro de 2009.

O mecanismo, que já havia sido aprovado pela Câmara dos Deputados no último dia 29 de julho, estava em trâmite no Senado, onde foi aprovado por unanimidade apenas ontem (2/10).

Como o texto do projeto – que incluía outros programas de preferências concedidos pelos norte-americanos – sofreu algumas alterações no Senado, foi necessário, mais uma vez, o aval da Câmara dos Deputados para que o documento fosse, então, entregue ao presidente Bush para assinatura.

A Federação e o Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp/Ciesp) recebeu a notícia com satisfação. "A renovação do SGP deu-se no contexto do atual processo de aprovação do programa de US$ 700 bilhões para a economia norte-americana, o que demonstra a importância que foi dada pelos congressistas aos programas preferenciais", ressalta o presidente das entidades, Paulo Skaf.

A conquista não foi fácil. Em meio ao processo percorrido pela Câmara dos Deputados e pelo Senado, a renovação do SGP sofreu dura oposição, principalmente do Senador Grassley, que se opunha veementemente ao Brasil. Até ontem (2/10) o parlamentar permaneceu irredutível em sua posição contrária à renovação do sistema.

"Recebemos, agora, os frutos do constante diálogo dentro do Congresso norte-americano que foi mantido através de nosso escritório em Washington, viabilizado pela colaboração de cada uma das empresas e entidades que demonstraram sua preocupação frente ao possível cancelamento do mecanismo", comemorou Skaf.

Agência Indusnet Fiesp
03/10/2008