Fiesp promove debate sobre orgânicos e agronegócio sustentável - CIESP

Fiesp promove debate sobre orgânicos e agronegócio sustentável


Encontro no dia 14 julho, na sede da instituição, terá ainda o lançamento das principais feiras de orgânicos e de sustentabilidade da América Latina, a Biofach e a ExpoSustentat

Na próxima segunda-feira (14), especialistas do agronegócio se reunirão na sede da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), das 9h às 12h30, para discutir a importância do setor para o desenvolvimento econômico, no Seminário “Orgânicos e Agronegócio Sustentável”. No evento, será realizado também o lançamento oficial das feiras BioFach América Latina e ExpoSustentat, que representam uma plataforma internacional de atração de investimentos.

 
O seminário está sendo promovido pelo Departamento de Relações Internacionais e Comércio Exterior (Derex) da Fiesp, em parceria com o Planeta Orgânico e a Nuremberg Global Fairs. Na abertura, o diretor titular do Derex, Roberto Giannetti da Fonseca, e o diretor-adjunto, Ricardo Martins, falarão sobre o compromisso da Fiesp com a sustentabilidade.
 
Na seqüência, Maria Beatriz Martins Costa, responsável pela organização da BioFach América Latina e da ExpoSustentat, fará a apresentação das feiras. Com uma média de público diário de mais de três mil pessoas de 15 países diferentes, o evento gera negócios em torno de R$ 40 milhões, números relevantes para o mercado interno.
  
Mercado
A terceira palestrante do dia será Carla Salomão, coordenadora de fruticultura orgânica do Instituto Brasileiro de Frutas (IBRAF). Ela ressalta que “o mercado de orgânicos possui uma forte pressão compradora e no segmento de frutas, a procura tornou-se mais intensa nos últimos 5 anos”. Entretanto, o Brasil ainda não tem conseguido atender ao mercado, por falta de capacidade de oferta.
  
O mercado mundial de orgânicos movimenta cerca de US$ 30 bilhões. No Brasil, é um mercado de cerca de US$ 250 milhões, com potencial de crescimento anual médio de 25% a 30%. A área destinada ao cultivo aumenta cerca de 30% ao ano, devendo atingir 3 milhões de hectares no curto prazo segundo o Instituto Biodinâmico (IBD).
 
 
Promoção
O gestor de projetos da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex), Eduardo Caldas, falará sobre o projeto Organics Brasil, em que a agência incentiva a participação de empresas de produtos orgânicos em mercados internacionais. No convênio atual, a agência investe R$ 8,5 milhões para dois anos e as metas principais são: 65 empresas exportadoras e um volume anual de US$ 30 milhões em exportações até julho de 2009.
 
Feiras
A BioFach América Latina e a ExpoSustentat serão realizadas de 23 a 25 de outubro, no Transamérica Expo Center, em São Paulo. Elas congregam duas feiras e conferências com pavilhões específicos de outros países e vários eventos paralelos. Pelos estudos que o Planeta Orgânico vem desenvolvendo em parceria com o projeto BioFach América Latina, a porcentagem de terras orgânicas brasileiras deverá aumentar consideravelmente nos próximos anos, bem como os investimentos voltados para o aumento do consumo interno.  
  
Mais informações estão disponíveis nos sites: www.biofach-americalatina.com.br, www.exposustentat.com.br e www.planetaorganico.com.br.

Agência Ciesp de Notícias
10/07/2008