Encontro vai aquecer setor de energia nuclear - CIESP

Encontro vai aquecer setor de energia nuclear

Representantes do setor nuclear e da indústria se encontrarão em São Paulo para discutir o novo momento das atividades nucleares no País, particularmente com a construção de Angra 3 e de mais 4 usinas.

O primeiro Encontro de Negócios de Energia Nuclear será realizado pela Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN) e pela Federação e o Centro das Indústrias de São Paulo (Fiesp/Ciesp), no próximo dia 23, na capital paulista.

Durante o evento, será apresentado um estudo inédito sobre a cadeia de suprimentos do Programa Nuclear Brasileiro (PNB), realizado pelo Centro de Gestão e Estudos Estratégicos (CGEE). A cadeia de suprimentos é o conjunto de atividades por meio das quais matérias-primas e outros insumos são convertidos em produtos acabados. O encontro abordará também outros usos da energia nuclear além da produção de energia elétrica, tais como na área de saúde, produção de jóias etc.

O estudo identificou inúmeros serviços, matérias-primas e equipamentos que deverão ser fornecidos ao setor nuclear por empresas nacionais e estrangeiras. A retomada do PNB abre um novo leque de negócios que deverão ser feitos nos próximos anos, em áreas tão diversificadas que vão desde a preparação de pessoal especializado até a produção de equipamentos de alta sofisticação tecnológica.

“Esperamos que esse seja o primeiro de uma série de encontros dessa natureza que virão a fomentar e aquecer a indústria e trazer novos negócios relacionados ao Programa Nuclear Brasileiro”, afirma o gerente de planejamento e projetos estratégicos da Comissão Nacional de Energia Nuclear, Roberto Salles Xavier.

“Ficamos para trás na utilização da energia nuclear para fins de geração de energia elétrica. Entretanto, não podemos manter o futuro da utilização dessa fonte limpa, apesar de não renovável, atrelada à capacidade de investimento do Estado brasileiro. Portanto, os investimentos do setor privado nas atividades de produção de energia elétrica, deixando o ciclo do combustível com o governo são muito importantes”, comenta o diretor-titular do Departamento de Infraestrutura da Fiesp, Carlos Cavalcanti.

Os empreendimentos previstos no escopo do novo Programa Nuclear Brasileiro envolvem recursos da ordem de R$ 40 bilhões, ao longo dos próximos 20 anos, com alto grau de participação da indústria nacional e geração de mais de 50 mil postos de trabalho diretos e indiretos.

Serviço:
I Encontro de Negócios de Energia Nuclear
Data e horário: 23 de novembro, das 8h30 às 19h30
Local: Edifício-sede Fiesp/Ciesp – Avenida Paulista, 1313, São Paulo/SP
Inscrições e programação: http://www.fiesp.org.br

Agência Ciesp de Notícias