Em almoço com Doria, Skaf defende importância da boa gestão - CIESP

Em almoço com Doria, Skaf defende importância da boa gestão

Graciliano Toni, Agência Indusnet Fiesp

Antes de almoço nesta quinta-feira (17/11) com líderes empresariais e com o prefeito eleito de São Paulo, João Doria, o presidente da Fiesp e do Ciesp, Paulo Skaf, destacou a importância da boa gestão para a cidade de São Paulo. Dirigindo-se a Doria, Skaf disse: “Estaremos ao seu lado para colaborar em tudo que for necessário para que a cidade tenha tudo aquilo que precisa. É uma cidade que tem muitas demandas, muitos problemas, e que precisa, acima de tudo, de gestão. Gestão eficiente, gestão correta, gestão de coragem.”

No evento, na sede da Fiesp, Doria anunciou que Juan Quirós será o presidente da SP Negócios, agência de captação de investimentos nacionais e internacionais de prefeitura. Quirós é vice-presidente da Fiesp e deixará a Investe SP, agência de desenvolvimento do governo paulista, para assumir o cargo na prefeitura. Doria explicou que em sua nova função, Quirós ajudará a captar os recursos que serão administrados por Wilson Poit, recém-anunciado secretário de Desestatização e Parcerias.

Doria ressaltou a importância da gestão tanto para o setor público quanto privado. E convidou os empresários presentes a manter ou criar negócios na cidade. “Vamos valorizar o capital privado”, disse.

Estavam presentes no evento Antonio Carlos Magalhães Neto, reeleito prefeito de Salvador, e Fabrício Oliveira, prefeito eleito de Balneário Camboriú (SC). As propostas apresentadas na campanha pelos 3 prefeitos eleitos, disse Doria, são como o que se faz diariamente na Fiesp, a formulação de alternativas para permitir o crescimento econômico –e a partir disso, o desenvolvimento social.

Depois do almoço, Doria disse em entrevista coletiva que a prefeitura vai trazer investimentos, que geram empregos e oportunidades, assumindo um papel que não tem hoje. Haverá redução da burocracia e o estímulo a setores como gastronomia. E é possível também exportar serviços, algo que a prefeitura vai incentivar, para geração de divisas.

“Vamos valorizar muito a atividade empreendedora”, afirmou Doria, especialmente nas áreas periféricas. Diferentemente de gestões anteriores, disse o prefeito eleito, a política de captação de investimentos será eficiente. O secretário de Trabalho e Empreendedorismo, a ser anunciado uma semana depois, disse Doria, terá a responsabilidade de incentivar a atividade econômica.

Doria disse que sua gestão terá mais vocação para o estímulo à atividade privada, contando para isso, por exemplo, com a Fiesp e com o Sebrae-SP, além de instituições de ensino como a FGV, o Insper e o Instituto Paula Souza.

Skaf revelou que a conversa no almoço se concentrou em temas ligados ao desenvolvimento da cidade. “Estou preocupado com a retomada da economia do país, com a retomada do crescimento. Não há solução para as pessoas, para as prefeituras, para as empresas, se não houver uma retomada do crescimento.”

Skaf ao lado de João Doria, ACM Neto e Fabrício Oliveira antes de almoço na sede da Fiesp e do Ciesp. Foto: Everton Amaro/Fiesp