Conselho Monetário Nacional mantém TJLP em 6,25% - CIESP

Conselho Monetário Nacional mantém TJLP em 6,25%

O Conselho Monetário Nacional (CMN) decidiu manter hoje a Taxa de Juros de Longo Prazo (TJLP) em 6,25% ao ano . A taxa é usada para remunerar os financiamentos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social. Esta taxa vai vigorar de abril a junho.
A Taxa de Juros de Longo Prazo – TJLP tem período de vigência de um trimestre e divulgada até o último dia útil do trimestre imediatamente anterior ao de sua vigência. O índice aprovado hoje está em vigor desde julho do ano passado.
A fórmula para estabelecer a TJLP –que serve de referência para os empréstimos do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social)– leva em conta a expectativa de inflação para os próximos 12 meses e o risco-país do Brasil.
Embora a meta de inflação seja de 4,5% do IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), a expectativa do mercado para os próximos 12 meses está um pouco abaixo disso (4,33%). Já o risco Brasil está em torno de 280 pontos.
A redução da TJLP é uma reivindicação constante do setor produtivo, já que costuma ser o custo mais baixo para as empresas investirem.
A TJLP é definida para o trimestre que irá começar. A taxa que vigorou entre abril de 2004 e dezembro de 2005 foi de 9,75% ao ano. Na reunião do CMN de dezembro daquele ano, ela foi reduzida para 9% ao ano, em março, para 8,15%, em junho, para 7,5% ao ano e, em setembro, para 6,85% ao ano e, no encontro de dezembro, caiu para 6,5% ao ano. Em junho, foi reduzida para 6,25% ao ano e desde então se mantém nesse patamar.
São membros do CMN os ministros da Fazenda (Guido Mantega) e do Planejamento (Paulo Bernardo) e o presidente do Banco Central (Henrique Meirelles).
 
Agência Ciesp de Notícias
27/03/2008