Congresso da MPI debate acesso ao crédito e expansão internacional, nesta terça-feira (20) - CIESP

Congresso da MPI debate acesso ao crédito e expansão internacional, nesta terça-feira (20)

Organizado pela Fiesp eo Ciesp, na próxima terça-feira (20), o Congresso da Micro e Pequena Indústria reunirá as principais instituições financeiras e governamentais para promover instrumentos que garantam acesso ao crédito e desburocratização das relações trabalhistas do segmento.

No período da manhã, o debate se concentrará na questão do crédito. Durante a crise econômica as linhas de financiamento às empresas de pequeno porte foram as mais afetadas, por falta de sistemas que garantissem os investimentos.

Neste sentido, o enfoque do painel “Crédito: instrumentos para obtenção e novos sistemas de garantias” será a consolidação de fundos de garantia de operações e de investimento (Funproger, Fampe, FDA, FGI, FGO), de linhas de financiamento e convênios especiais de 13º Salário.

Para o debate estão confirmados:

 Valter Gonçalves Nunes, superintendente regional de SP da Caixa Econômica Federal,
 Demian Fiocca, presidente do banco Nossa Caixa,
 Milton Luiz de Melo Nascimento, presidente da Nossa Caixa Desenvolvimento,
 Nilton Pelegrino Nogueira, diretor do Departamento de Empréstimos e Financiamentos do Bradesco,
 Ede Viani, diretor de Pequenas e Médias Empresas do Grupo Santander Brasil,
 Ricardo Tortorella, superintendente do Sebrae-SP,
 José Ricardo Roriz Coelho, diretor-titular do Departamento de Competitividade e Tecnologia da Fiesp.

Na parte da tarde, o Congresso discutirá soluções aos entraves burocráticos que cercam as relações trabalhistas das micro e pequenas indústrias. Em pauta, a flexibilização do contrato de trabalho (banco de horas, férias coletivas, licença remunerada e suspensão do contrato de trabalho); simplificação da legislação trabalhista e redução da jornada.

A apresentação do painel será feita pelo professor da Fundação Instituto de Administração, Hermelino de Oliveira Santos, com os debatedores:

 Luis Alexandre de Faria, auditor fiscal do Trabalho da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego de São Paulo,
 Guilherme Afif Domingos, secretário de Estado da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho,
 Marcos Cintra, secretário do Trabalho da Prefeitura Municipal de São Paulo,
 José Maria Chapina Alcazar, presidente do Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento – Sescon-SP,
 Roberto Della Manna, diretor-titular do Departamento Sindical da Fiesp.

Thiago Eid, Agência Indusnet Fiesp