Concurso de poesias do Sesi-SP e do Senai-SP tem os seus vencedores - CIESP

Concurso de poesias do Sesi-SP e do Senai-SP tem os seus vencedores

 

De um total de 94.712 obras inscritas, júri formado por escritores escolhe as 11 melhores
 
 
Do texto ingênuo, porém gracioso, de Ana Laura Ferreira, de 6 anos, que diz “Não demore no chuveiro/ Para não acabar/ Com a água do mundo inteiro”, à escrita romântica de Juraci Morais, de 69 anos, que entoa “Como é bom ao amanhecer/Ouvir os pássaros a cantar/Olhar os verdes pastos/E poder o mundo amar”. Foram conhecidas hoje, no Teatro SESI São Paulo, as 11 melhores poesias, de um total de 94.712 inscritas no 2º concurso do gênero, envolvendo alunos do SESI-SP e SENAI-SP, sobre o tema “O Planeta Terra Pede Socorro”.
 
Os melhores trabalhos, divididos por categorias de acordo com a faixa etária e nível de escolaridade dos autores fazem parte do livro comemorativo ao concurso, lançado durante a solenidade de premiação dos vencedores.
 
“Há dois anos, no primeiro concurso, tivemos 42.442 poesias inscritas. Este ano conseguimos dobrar o número de inscrições, o que significa um recorde mundial de participação em uma competição desta natureza”, diz José Eduardo Mendes Camargo, vice-presidente do CIESP e mentor do concurso.
 
Gosto pela leitura
O julgamento das obras em cada fase da disputa foi feito por comissões compostas de professores, pedagogos e escritores. Os 11 vencedores, selecionados de um total de 54 finalistas, que estiveram hoje no Teatro SESI São Paulo, a espera do resultado, foram escolhidos pelos membros da União Brasileira de Escritores.
 
“Em nossa região, as poesias foram avaliadas por membros do Clube dos Escritores, associação sediada em Piracicaba. Os julgadores ficaram impressionados com o altíssimo nível das obras”, diz Marcelo Mazzei, diretor do SESI Piracicaba.
 
Não foi sem motivo, portanto, que duas das 11 poesias vencedoras foram escritas por alunos do SESI da cidade. “Acho que venci porque leio muito. Todos em minha casa, aliás, gostam de ler. Eu, por exemplo, leio até jornal e sempre estive por dentro dos problemas ambientais do planeta”, diz o piracicabano Gabriel Silva, de 9 anos, vencedor em sua categoria.
 
 
RELAÇÃO DE VENCEDORES
 
1. Educação Infantil.  Ana Laura Ferreira, 6 anos (SESI Araraquara)
 
2. Ensino Fundamental (1º ao 3º ano). Gabriel Silva, 9 anos (SESI Piracicaba)
 
3. Ensino Fundamental (4º ano). Felipe Silva, 9 anos (SESI Catanduva)
 
4. Ensino Fundamental (5º e 6º anos). Giovanna Riello, 11 anos (SESI Osasco)
 
5. Ensino Fundamental (7º e 8º anos). Rodrigo Tognin, 15 anos (SESI Piracicaba)
 
6.  Ensino Médio (15 a 17 anos). Marco Antônio Oliveira, 17 anos (SESI Mogi-Guaçu)
 
7. Educação de Jovens e Adultos (acima de 15 anos). –       4 amental (9 ee 10 anosNAI/Ensino Mundamental (acima de 15 anosJuraci Morais, 69 anos (SESI Lauzane Paulista/Capital)
 
8. Educação de Jovens e Adultos/Telecurso 2000/Ensino Fundamental (acima de 15 anos). Lower Vicente, 35 anos (SESI Catumbi/Capital)
 
9. Educação de Jovens e Adultos/Telecurso 2000/Ensino Médio (acima de 18 anos). Neuza da Rocha (SESI Penápolis)
 
10. Ensino Técnico (14 a 18 anos). Fernando Morato, 15 anos (SENAI Americana)
 
11. Ensino Técnico (acima de 19 anos). Vanderlei Ribeiro, 42 anos (SENAI Votuporanga)
 
 
Carlos Amoedo
Agência Indusnet Fiesp
19/11/2008