Ciesp e Cetesb abrem série de workshops para 5 mil empresários, nesta quinta (29) - CIESP

Ciesp e Cetesb abrem série de workshops para 5 mil empresários, nesta quinta (29)

Considerada um dos principais entraves à instalação de novos empreendimentos no País, a legislação sobre o impacto de atividades econômicas no meio ambiente será apresentada, nesta quinta-feira (29), no Ciesp, por técnicos da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb).


O encontro – com transmissão via TV interativa para as 42 Diretorias Regionais, Municipais e Distritais do Ciesp, a partir das 14 horas – abre uma série de workshops que serão promovidos mensalmente pelas duas entidades. A transmissão deverá ser acompanhada por cerca de 5 mil representantes de empresas em todo o Estado.


Um dos painéis está reservado à apresentação da nova Cetesb, que desde agosto passado vem passando por uma reestruturação geral, tendo incorporado alguns departamentos antes ligados à Secretaria de Meio Ambiente (DPRN, DAE e outros).


Nova era nas relações entre produção e órgão ambiental
A parceria do Ciesp/Fiesp com a Cetesb, ampliada em fevereiro deste ano, tem permitido ações conjuntas em várias áreas, até mesmo na capacitação de colaboradores da rede Ciesp.

A partir de novembro, as 42 Diretorias no Estado passam a atuar como postos avançados da Cetesb, orientando as empresas associadas em procedimentos como, por exemplo, o Sistema de Licenciamento Simplificado (Silis) para atividades de pequeno impacto poluidor – cerca de 17% do total no Estado, principalmente micro, pequenas e médias companhias.


Para o presidente do Ciesp e da Fiesp, Paulo Skaf, a parceria inaugura um novo padrão nas relações entre o setor produtivo e a agência ambiental. “Uma relação de confiança, em que produção e sustentabilidade andam em equilíbrio, num regime de cooperação mútua”, afirma o dirigente.


Skaf lembra que, como presidente da Associação Brasileira da Indústria Têxtil e Confecções (Abit), no início da década, já defendia o programa Produção Mais Limpa, que instrui empresas a produzir usando menos água, menos energia e consumindo menos matéria-prima.


Menos burocracia e custos
Pesquisa realizada pelo Ciesp, em 2005, com quase 4 mil empresas, revelou que 80% delas estavam interessadas em ser mais bem orientadas. Para a instituição, esses dados justificam, por si, a realização dos workshops. “Decidimos iniciar pelo licenciamento ambiental, que continua sendo a grande preocupação no meio empresarial”, assinala Eduardo San Martin, diretor de meio ambiente da entidade.

“Em sua grande maioria, as pendências que o empresário tem com o órgão ambiental são decorrentes de falhas em procedimentos para a obtenção da licença ambiental”, acrescenta San Martin, lembrando que o Ciesp, como casa da Indústria, é o fórum ideal para que a empresa procure informação e orientação.


Segunda etapa
No dia 11 de novembro, o segundo workshop da série vai esclarecer as etapas do processo e as categorias de licenciamento pertinentes a cada tipo de empreendimento:

– Licenciamento Ambiental Unificado
– Licenciamento com Avaliação de Impacto Ambiental
– Autorizações Relacionadas com a Legislação Florestal
– Licenciamento de Fontes de Poluição
– Licenciamento para Atividades de Baixo Potencial Poluidor (Silis e Municipalização)
– Legislações com Aplicação em Regiões Específicas

Clique aqui e veja a programação completa.