Cetesb lança Operação de Inverno de Cubatão na Semana Fiesp-Ciesp de Meio Ambiente 2009 - CIESP

Cetesb lança Operação de Inverno de Cubatão na Semana Fiesp-Ciesp de Meio Ambiente 2009

A Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental (Cetesb), por meio de sua Agência Ambiental Unificada de Cubatão, realizou a abertura oficial da Operação de Inverno 2009, nesta quinta-feira (30), durante evento da Semana Fiesp-Ciesp de Meio Ambiente 2009 na Baixada Santista.

O programa, que está em sua sexta edição e conta com o apoio das indústrias do município, objetiva diminuir a emissão de material particulado na atmosfera, que no inverno têm maior dificuldade de dispersão.

A Operação acontecerá de maio a setembro, com a intensificação da fiscalização e ações preventivas de controle da qualidade do ar.

“Procuramos evitar episódios críticos de poluição do ar, e desde 2005 não tivemos nenhum quadro crítico decretado”, comemora o gerente da Cetesb em Cubatão, Marcos da Silva Cipriano.

Participaram do lançamento da campanha o 1° vice-diretor do Ciesp Cubatão, Raul Elias Pinto; o secretário municipal de Meio Ambiente, Daniel Ravanelli Losada; e o gerente da Agência Ambiental Unificada da Cetesb Santos, Paulo Sérgio Fonseca.

Propostas da indústria
Sob o comando da Comissão Técnica de Proteção e Defesa do Meio Ambiente do Ciesp Cubatão, as cerca de 50 indústrias associadas à entidade na região vão elaborar um documento sobre gargalos enfrentados pelas empresas na área ambiental.

A ação integra a Semana Fiesp-Ciesp de Meio Ambiente, cujo resultado de debates em oito macrorregiões do estado será a publicação de um levantamento detalhado de problemas apontados pelo setor produtivo paulista a ser entregue ao poder público.

O documento, que será lançado em 4 de junho próximo, véspera do Dia Mundial do Meio Ambiente decretado pela Organização das Nações Unidas, será dividido em três eixos temáticos: tecnológico e da capacitação; regulatório e de licenciamento ambiental; financiamento de projetos socioambientais.

“Estamos mobilizando as entidades da indústria para discutir o desenvolvimento que queremos para São Paulo”, indicou o diretor-adjunto do Departamento de Meio Ambiente da Fiesp, Raul Ardito Lerário.

Nivaldo Souza, Agência Ciesp de Notícias