Campinas receberá R$ 60 milhões em três anos para qualificação de mão-de-obra - CIESP

Campinas receberá R$ 60 milhões em três anos para qualificação de mão-de-obra

 

Em visita à região de Campinas na última sexta-feira (4), Paulo Skaf anunciou investimentos de R$ 60 milhões em formação profissional, educação e cultura nos próximos três anos em Campinas e região. No Senai de São Paulo, serão investidos R$ 200 milhões só neste ano, em laboratórios, novas escolas e ampliações. Durante a visita, Skaf também lançou uma futura unidade do Senai em Paulínia, que será um centro de excelência voltado para os setores de petróleo e gás, e inaugurou o Laboratório de Ensaios Cerâmicos em Pedreira.

 
Segundo o presidente do Ciesp, as necessidades de profissionalização na indústria exigem ampliação do investimento para formação da mão-de-obra. “Nós queremos crescimento, para crescer precisa de demanda, a demanda puxa o investimento, e gera crescimento. É um ciclo. E junto com tudo isso, uma das providências que nós precisamos tomar é a formação profissional”, disse, em entrevista coletiva.
 
Para Ana Lúcia Favoretto, da empresa Arquiterra, que atua em construção civil, esse é o principal problema enfrentado pelo setor. “A demanda é muito grande no Brasil, e está crescendo, mas o que falta é qualificação da mão-de-obra”, afirmou a empresária, que avaliou positivamente a iniciativa de Paulo Skaf em visitar a região. “Nada melhor do que o contato direto, para que os empresários possam se posicionar sobre como está o mercado, e o que está sendo feito para melhorar os vários setores da indústria”, destacou.
 
Leia mais:
Paulo Skaf reúne-se com empresários em Campinas
 
Agência Ciesp de Notícias
Mariana Ribeiro
05/04/2008