"Aumento do preço do gás natural é ruim para São Paulo e para o Brasil", diz Fiesp - CIESP

“Aumento do preço do gás natural é ruim para São Paulo e para o Brasil”, diz Fiesp

 

Nota Oficial

 

A Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) trabalhou fortemente conseguindo postergar o aumento no preço do gás natural por algumas semanas. Porém, devido a total falta de flexibilidade e sensibilidade da Petrobrás, importantes setores produtivos serão afetados fortemente causando dificuldades às empresas e desemprego, em momento já tão complicado da economia.

“Com a queda no preço do barril de petróleo de U$ 150 para menos de U$ 40, deveria haver boa vontade da Petrobrás, criando condições que evitassem a necessidade de aumento neste momento tão inoportuno. É lamentável”, diz o presidente da Fiesp e do Ciesp, Paulo Skaf.

“Agora precisamos de medidas compensatórias a esses setores para evitar maiores prejuízos à nação”, completa o presidente das entidades.

 
Agência Ciesp de Notícias
22/12/2008