Atendimento no Ciesp pode desafogar Cetesb - CIESP

Atendimento no Ciesp pode desafogar Cetesb







Pedro Ferrarezzi

CAPACITAÇÃO – Curso ministrado nesta quinta-feira (6), na sede do Ciesp, em São Paulo, contou com a participação de 19 funcionários de 14 diretorias da entidade no estado

O número crescente de empresas de menor porte que procura unidades da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb), para tirar dúvidas sobre licenciamento ambiental, pode ser reduzido com o apoio do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp) – segundo o próprio órgão do governo paulista, que registrou salto no número emissões de licenças de operação entre 2004 (8.000) e 2008 (14.000). A mudança pode ser um dos frutos de parceria firmada pelas entidades no início deste ano, na qual funcionários do Ciesp recebem treinamento ministrado pela agência ambiental.

“Trabalhando nessa parceria, com a confiabilidade que a gente tem no Ciesp, acreditamos que vamos desafogar o atendimento ao público que fazemos em nossas agências”, avaliou Richard Hiroshi Ouno, assessor da Diretoria de Controle de Poluição Ambiental da Cetesb.

A Companhia espera que o convênio lhe permita deslocar seus técnicos para a fiscalização de companhias de grande porte. “Vamos poder focar no grande poluidor e fazer com que o atendimento ao micro e pequeno empreendedor seja feito no Ciesp”, indicou Ouno.

Eduardo San Martin, diretor-titular de meio ambiente do Ciesp, avalia que a parceria é um estímulo para que pequenas e médias companhias se adaptem à legislação ambiental vigente.

“Existe uma gama muito significativa de situações nas quais as empresas vivenciam dificuldades ambientais por desconhecimento [de leis]”, considerou San Martin, nesta quinta-feira (6), durante a abertura do treinamento da terceira turma, com 19 profissionais de 14 diretorias do Ciesp.

“Essas empresas têm boa vontade e consciência da importância de lutar para que a questão ambiental seja prioridade dentro da sua atividade. Por conta disso, o Ciesp vai desenvolver um conjunto de situações que levem conhecimento. Esse treinamento é uma parte dessa ação”, afirma o diretor.

Perder medo






Pedro Ferrarezzi

TÉCNICO – Especialista da Cetesb explica regras do licenciamento ambiental a funcionários do Ciesp

Segundo San Martin, o objetivo do curso é capacitar as 43 unidades do Ciesp a orientarem os empresários sobre como se adequar ao Sistema de Licenciamento Simplificado (Silis) – iniciativa do governo estadual para orientar o micro e o pequeno empreendedor. “O que se espera é que nossa equipe saiba orientá-las a usar esse sistema e auxiliá-las no caminho do licenciamento”, avaliou.

Na avaliação de Richard Ouno, o protocolo abre um canal para que os empresários se sintam a vontade para procurar o Ciesp. “Muitas vezes eles têm medo de tirar dúvida na Cetesb. Assim, vamos trazer esse empreendedor para a legalidade. O fato de uma empresa se tornar legal, é bom para que ele consiga financiamentos públicos e possa modernizar seus equipamentos”, indicou.

Nivaldo Souza, Agência Ciesp de Notícias